Fone: (11) 3834-3422

Serviços

  • ESTUDOS HIDROGEOLÓGICOS, LOCAÇÃO E PROJETO TÉCNICO CONSTRUTIVOS DE POÇOS POÇOS ARTESIANOS
    Para sua tranquilidade e garantia de um bom resultado do investimento, recomendamos a execução de Estudos Hidrogeológicos para a locação e caracterização do projeto técnico construtivo dos poços artesianos a serem implantados.

    Seja qual for a sua demanda, a necessidade de avaliar as condições hidrogeológicas da área onde se pretende perfurar um poço artesiano profundo se torna fundamental tanto para a garantia do retorno do investimento quanto para o bom planejamento e execução dos serviços. Assim, reduzem-se custos e riscos inerentes aos trabalhos de perfuração de poço artesiano.

    TIPOS DE AQUÍFEROS

    Aquífero Poroso
    Ocorrem as chamadas rochas sedimentares e constituem os mais importantes aquiferos pelo grande volume de água que armazenam, por sua ocorrência em grandes áreas. Ex: Aquífero Guarani.

    Aquífero fraturado ou fissurado
    Ocorrem nas rochas ígneas e metamórficas. A capacidade destas rochas em acumularem água está relacionada à quantidade de fraturas existentes. A possibilidade de se ter um poço artesiano produtivo dependerá tão somente, de o mesmo interceptar fraturas capazes de conduzir a água. Ex: Basaltos e Granitos.

    Aquífero cársticos
    São os aquíferos formados em rochas carbonáticas. Constituem um tipo peculiar de aquífero fraturado, onde as fraturas, devido à dissolução do carbonato pela água, podem atingir aberturas muito grandes (cavernas), criando verdadeiros rios subterrâneos. Ex: Regiões com grutas calcárias.
  • LICENÇAS AMBIENTAIS E REGULAMENTAÇÃO DA PERFURAÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E OUTORGA DE USO
    É indispensável a obtenção desta licença. No estado de São Paulo cabe ao DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) o poder outorgante, por intermédio do decreto 41.258, de 31/10/93, de acordo com o artigo 7º das disposições transitórias da Lei 7.663/91. Outros estados (e alguns municípios) também já dispõe de legislação específica.
    Os poços artesianos não cadastrados estarão sujeitos a aplicação de sanções pelos órgãos gestores. A DH providencia a total regularização de poços artesianos.
  • PERFURAÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS TUBULARES PROFUNDOS
    Construções de poços artesianos, usualmente com diâmetros de 6” até 30" e profundidade de 50 até 1.500 metros.
    A DH possui um pessoal experiente, qualificado e equipamentos adequados para a execução dos mais variados projetos de perfuração de poços artesianosprofundos, sendo desde um poço de pequenas dimensões para abastecimento de uma residência, até poços de grande diâmetro e profundidade para diferentes fins.

    Método Rotativo

    A perfuração se dá através do movimento rotatório de uma broca, ao mesmo tempo que se faz circular fluído no poço. Este fluído serve para trazer o material triturado para a superfície, refrigera a ferramenta de corte e mantém uma pressão contínua dentro do poço artesiano, de forma a conter suas paredes, evitando assim seu colapso. O fluído poderá ser injetado pelo furo central da haste de perfuração, subindo pelo espaço antelar, ou vice versa. Este método é utilizado para formações inconsolidadas. O revestimento do poço é feito no final dos trabalhos, antes da retirada de todo o fluído.

    Método Rotopneumático

    Utiliza-se dois equipamentos específicos: um compressor de alta pressão e grande volume de ar e um "martelo pneumático".
    O compressor é utilizado como fonte de ar comprimido para acionar o martelo, que se encontra na extremidade da coluna de hastes, no fundo do poço artesiano.
    A ferramenta de corte, chamada de "bottom bit", percutirá sobre a rocha cristalina, fragmentando-a. O ar injetado pelo hasteamento que aciona o martelo, retorna pelo espaço anelar trazendo à superfície o material cortado.
    O método tem na rapidez a sua grande vantagem; a frequência da ferramenta, que no método de percussão convencional ou a cabo é de 50 golpes por minuto, atinge aqui aproximadamente 1.200 golpes/minuto.
    Outro importante aspecto é a possibilidade de, durante a perfuração do poço artesiano, identificar-se qualquer secção produtora atravessada, face à expulsão forçada da água à superfície.
    É recomendado principalmente para formações consolidadas ou muito consolidadas.
  • FORNECIMENTO E INSTAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE BOMBEAMENTO
    A DH dimensiona, fornece e instala equipamentos de bombeamento para poços artesianos, ou seja:
    - Conjunto moto-bomba submersível.
    - Equipamentos elétricos: quadros de comando e proteção, cabos elétricos, eletrodos, relés, etc.
    - Equipamentos hidráulicos: tubulação edutora, cavalete composto por válvulas, registros e conexões.
    - Tubulação para medição dos níveis.
    - Instrumentos de medição: horímetros, manômetros e macromedidores de vazão.
    - Para poços artesianos em operação, a DH avalia as atuais condições e propõe soluções com o objetivo de otimizar sua exploração.

    Assistência Técnica

    Através da visita de um técnico da DH, pode ser feita a verificação geral do funcionamento do poço artesiano, resultando na correção de pequenos problemas no quadro elétrico, regulagem de vazão, medição de níveis ou no diagnóstico inicial para uma manutenção corretiva.
  • OPERAÇÃO DO SISTEMA DE POÇOS ARTESIANOS
    Consiste no monitoramento contínuo do conjunto constituído pelo poço artesiano, aquífero e equipamento de bombeamento, objetivando avaliação permanente da eficiência do sistema.
    Constitui parte da operação a mensuração de vários parâmetros, tais como:
    Vazão, níveis, análise de água, indicadores elétricos do conjunto motobomba, etc.

    Através de cálculos e análise dos indicadores de desempenho, monitora-se e avalia-se os sistemas.
  • MANUTENÇÃO E LIMPEZA DE POÇOS ARTESIANOS

    Manutenção Preventiva

    Poços artesianos profundos precisam ser avaliados em período de no máximo 12 meses, através de manutenção preventiva.
    Com a manutenção preventiva, além da preservação de um bem patrimonial da sua empresa ou residência, é possível evitar uma desagradável surpresa causada por um inesperado desabastecimento, elevado custo de reparos e/ou substituição de equipamentos e até mesmo um rompimento do revestimento do poço artesiano.
    A DH perfurações executa manutenção preventiva, assistência técnica e desinfecção do poço artesiano de forma rápida e eficiente, com acompanhamento de pessoal especializado e fornece no final dos trabalhos a análise d'água do poço artesiano com suas características bacteriológicas e físico-químicas, além de um relatório técnico contendo a descrição dos serviços executados e recomendações sobre a utilização do poço artesiano.

    Manutenção Corretiva

    São ações realizadas no poço artesiano tubular profundo, após algum tipo de ocorrência que tenha paralisado sua operação.
    Os principais procedimento de manutenção corretiva são:
    - Substituição do conjunto moto-bomba submersível danificado.
    - Substituição de componentes elétricos do quadro de comando (fusíveis e relés).
    - Pescaria da tubulação edutora, cabos elétricos e da bomba.
    - Recuperação da capacidade produtora do poço artesiano, através da realização de serviços especiais para cada tipo de situação, tais como tratamento químico, desenvolvimento mecânico e aplicação de gás carbônico, dentre outras.
  • SISTEMAS PRÓPRIOS DE ABASTECIMENTO D'ÁGUA - BOT

    Objetivo

    Implantar uma alternativa mais eficiente para o suprimento d'água em sistemas únicos/isolados hoje com outro tipo de fornecimento, geralmente através de concessionárias públicas. Pretendemos disponibilizar com segurança (sem riscos de insucesso para o contratante) e qualidade o produto meta: a água.

    Meta: garantia de água a um baixo custo.

    No que consiste?

    Implantar um sistema próprio de abastecimento de água através da captação das águas subterrâneas pela construção de poços artesianos profundos.
    A DH realiza todos os estudos prévios necessários e implanta às suas expensas e riscos o poço artesiano (investimento é igual a zero para o cliente). Opera e realiza todas as manutenções, correções ou reparos necessários durante um período pré-determinado.
    Após o término do período contratual, todo o sistema implantado pela DH será transferido, sem ônus, para o cliente.

    Cliente/Consumidor - Nenhum ônus.

    Vantagens do Sistema

    Todos os investimentos serão realizados pela DH que responderá pelo risco de insucesso quanto ao volume de água captado. A remuneração será feita sobre o volume mensal consumido, sendo este valor atrativo, pois será inferior aos cobrados pelos fornecedores tradicionais propiciando uma substancial economia anual.
    A operação e a manutenção dos poços artesianos será sempre realizada pela DH durante o período contratual, desonerando assim o cliente (pessoal, reposição de equipamentos e peças, serviços de emergência, etc).

    OBRIGAÇÕES DA DH

    - Realizar os estudos hidrogeológicos, projetos, locação e construção de poços artesianos profundos.
    - Fornecer e instalar todos os equipamentos, materiais, instrumentos de bombeamento, adução e medição.
    - Realizar a operação e manutenção do sistema garantindo seu bom funcionamento continuamente.
    - Cumprir as normas municipais e todas as disposições legais estaduais e federais, legalizando seu sistema.
  • SISTEMAS PRÓPRIOS DE SANEAMENTO BÁSICO
    Implantar e/ou operar a planta de tratamento de esgotos domésticos e/ou efluentes para adequação à legislação vigente, e também para reuso, possibilitando uma economia substancial na conta de água, esgotos/efluentes.

    Ações empreendidas pela DH

    Projeções empreendidas pela DH
    Projeção do tipo de tratamento requerido e consequente implantação da modalidade de sistema e planta necessários na área disponibilizada pelo cliente.
    a) Sistema para adequação dos rejeitos para seu descarte em corpos de água ou na rede pública coletora.
    b) Sistema de reuso, com aproveitamento do esgoto ou efluente tratado para fins potáves e ou industriais
    Estes sistemas poderão ser fornecidos em 2 modalidades:
    1- Projeto e fornecimento dos sistemas requeridos às expensas do contratante;
    2- O sistema implantado - tipo BOT - será custeado pela DH, responsável também pela sua operação durante a vigência do contrato. Sua remuneração será mensal, de acordo com o volume de esgoto ou efluente tratado.

    Ganhos esperados para o cliente

    1- Apenas o fornecimento do sistema
    Compacto, adequado às necessidades de tratamento, de rápida construção e de baixos custos de implantação e operação.
    2 - Sistema tipo BOT
    - A implantação de um sistema de tratamento de esgotos ou efluentes próprios, sem ônus de investimento, operação e manutenção do mesmo por um período pré-determinado. Após o período contratual, o sistema implantado será revertido em ativo para a empresa contratante.
    - Economia mensal substancial dos gastos com água e/ou esgotos/efluentes
    - Manutenção das atividades da empresa dentro de padrões ambientais compatíveis com a legislação vigente.